menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Árvores com risco de queda são substituídas
18/10/2013 11:14 atualizada em 18/10/2013 11:41

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMAM) realizou nesta quinta-feira, dia 17, o plantio de duas árvores da espécie Acácia-Mimosa na  Rua Doutor Casagrande, defronte à Igreja Matriz Cristo Rei na cidade alta. As árvores substituíram dois jacarandás que foram cortados por oferecer risco de queda em função do estado fitossanitário além dos galhos estarem em contato com rede elétrica, de acordo com parecer técnico de funcionários da SMMAM. A acácia-mimosa é aconselhável para calçadas abaixo da rede elétrica, por se tratar de espécie de pequeno porte.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Luiz Augusto Signor, esclarece que o corte das árvores foi motivado principalmente pela necessidade de proteção a vida humana. "Há muitas pessoas que protegem árvores. Eu sempre protegi e praticamente passei minha vida toda plantando árvores e cuidando da natureza, quem me conhece sabe disso, mas infelizmente temos que entender que todas as árvores têm um ciclo de vida e elas precisam ser retiradas e trocadas. Embora tenhamos uma grande preocupação com o meio ambiente, a preocupação com a vida humana prevalece", salienta.  

 

Para minimizar a polêmica em torno do corte de árvores, a prefeitura vai cumprir com o que determina o Plano de Arborização Urbana, onde para cada árvore cortada, outras três são plantadas no município. O secretário também lembra que em 2013 mais de 600 árvores já foram plantadas em toda a cidade. No local onde havia os jacarandás outras árvores serão plantadas. "As árvores serão de porte considerável, com mais de dois metros de altura", garante Signor.  

 

Recentemente técnicos da SMMAM concluíram um levantamento que aponta que mais de 90 árvores localizadas nas praças públicas do município necessitam de alguma intervenção, a maioria com retiradas dos galhos mais pesados e, em alguns casos, corte definitivo. O diagnóstico assinado por dois engenheiros florestais, uma  engenheira  ambiental  e  uma  engenheira  agrônoma  foi solicitada pelo prefeito Guilherme Pasin depois que um eucalipto caiu no Parque da Redenção em Porto Alegre, matando uma pessoa e ferindo outras três no último mês de agosto.  

 

Existem no município milhares de árvores, algumas centenárias, e muitas plantadas junto às calçadas. Um relatório mais abrangente demora muito tempo para ser concluído, por isso o secretário faz um apelo. "A população deve ficar atenta à inclinação da árvore, à presença de trincas, se existem sinais de movimentação de terra e rachaduras no terreno ou calçada e nestes casos avisar a secretaria", pontua.  

 

A população pode enviar uma solicitação de corte, poda ou plantio diretamente ao Fala Cidadão - Sistema de ouvidoria da Prefeitura de Bento Gonçalves. A ligação é gratuita pelo número 0800 979 6866. É possível também enviar uma mensagem eletrônica para o endereço: falacidadao@bentogoncalves.rs.gov.br. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente também presta informações pelo fone: 54- 3055-7190 e está localizada na Av. Osvaldo Aranha, 1075 - Fundos - Bairro Cidade Alta.

 

 

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura

Foto: SMMAM

ÁUDIOS