menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Bento inicia projeto piloto de coleta mecanizada de lixo
09/10/2014 17:01 atualizada em 09/10/2014 19:04

Na semana em que o município comemora 124 anos de emancipação política, a Prefeitura de Bento Gonçalves por meio da Secretaria de Meio Ambiente, dá início ao projeto piloto de implantação do sistema mecanizado de coleta de lixo. O novo sistema consiste na instalação de containers nos bairros, deixando os recipientes à disposição dos moradores para o depósito do material. Os primeiros oito containers já foram instalados no Bairro Planalto. O local foi escolhido para receber, inicialmente, o projeto tendo em vista a grande concentração de estabelecimentos gastronômicos na região e de pessoas, especialmente de jovens nos finais de semana.

 

Para atender a população, os domicílios e os estabelecimentos, foram colocados quatro containers para o recebimento do lixo reciclável e outros quatro para o lixo orgânico, com capacidade de mil litros cada. Os dias e horários da coleta seguem sem alteração. Eles estão dispostos em parte da rua Erny Hugo Dreher e da av. Presidente Costa e Silva.

 

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Luiz Augusto Signor, a nova proposta representa uma grande vantagem na questão sanitária e no planejamento urbano. “Nossa ideia é melhorar o aspecto e melhorar a saúde da população em geral. Principalmente Bento, por ser uma cidade indutora de turismo, ganha nesse sentido”, disse. Quem está no entorno desse projeto piloto pode nos ajudar a preservar e utilizar de forma correta, para que efetivamente a gente possa ter certeza que esse projeto vai dar certo”, reiterou.

 

A RN Freitas, empresa terceirizada responsável pelo serviço de limpeza urbana da cidade, é que faz todo o processo de instalação, manutenção e higienização dos containers, facilitando na conservação e o recolhimento do lixo. De acordo com o proprietário da prestadora, Rui Nascimento Freitas, entre as vantagens do sistema mecanizado está o fato de os containers serem hermeticamente fechados. Essa condição evita que o lixo se espalhe e suje as ruas, além de minimizar o mau cheiro, a proliferação de insetos e a exposição do lixo à chuva e aos animais.

 

 

Nesta quinta-feira, 9, o prefeito Guilherme Pasin esteve no Bairro para conhecer o sistema e o funcionamento do equipamento de coleta e transporte dos resíduos. A prefeitura pretende ampliar o modelo com containers para outras partes da cidade. A expansão, porém, só deverá ocorrer com a garantia do sucesso do piloto. Ele ressaltou que, durante o período de 60 dias, o sistema será avaliado. “Estamos em período de teste. Vamos ver como a população recebe para depois projetar a ampliação”, disse.

 

 

Assessoria de Comunicação da Prefeitura

Fotos: Emanuele Nicolla

ÁUDIOS

BANCO DE IMAGENS