menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Chegada do Fogo Simbólico marca o início das comemorações da Pátria
25/08/2017 12:54 atualizada em 25/08/2017 17:13

A comemoração da Semana da Pátria começou em Bento Gonçalves com a chegada do Fogo Simbólico nesta sexta-feira, 25. A chama veio de Veranópolis e foi conduzida pela Liga de Defesa Nacional até o 6º Bcom- Batalhão Presidente Geisel, onde ficará até o dia 1º de setembro.


A tradição da corrida do fogo simbólico, iniciada em 1937, comemora 80 anos. O objetivo é agregar, unir a nação e mostrar amor à pátria. "A ideia é enaltecer o amor à pátria, o civismo. Vocês, jovens, ao olharem no espelho, verão o futuro da nação e ele também depende de vocês para a construção de um país melhor", disse o Comandante da Liga de Defesa Nacional, Paulo Pretto.

 

Para o comandante do Batalhão, Coronel Lucio Guerra, o momento é de orgulho e de honrar a pátria. "Essa chama que chega ao nosso Batalhão representa muito mais que o início das comemorações da pátria. Ela representa e reafirma o amor pela pátria, pelo Município, pelo que temos e pelo que somos", salienta.

 

Em seu pronunciamento, o prefeito Guilherme Pasin, que recebeu o Fogo Simbólico, destacou a importância do ato. "Essa chama queima, e precisa fazer queimar tudo de ruim que permeia em uma sociedade. Ela faz diariamente entendermos quanto devemos cuidar e amar esta terra. O quanto devemos contribuir para o desenvolvimento. Essa chama faz com que caminhemos na linha do bem, fazendo o correto e trabalhando por causas coletivas. É a responsabilidade que temos como cidadãos", destaca.

 

Pasin também lembrou do dia do Soldado, comemorado neste 25 de agosto.

 

A  abertura oficial da Semana da Pátria ocorre no dia 1º, às 9h, em frente à Prefeitura Municipal. O tema Estadual é os 80 anos da corrida do Fogo Simbólico e homenagem aos 70 anos da Chama Crioula. O tema Nacional, Oswaldo Cruz, é em homenagem ao Centenário da morte do Sanitarista. No Município os 50 anos da Fenavinho serão ressaltados, e Moyses Michelon o grande homenageado.

 

Estiveram presentes na solenidade o homenageado, Moyses Michelon, os secretários de Educação, Iraci Luchese Vasques, de Mobilidade Urbana, Amarildo Lucatteli e o adjunto de Administração e Governo, Ivan Toniasi. Além do Coordenador da Defesa Civil, Thiago Fabris. 

 

 

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura

Foto: Emanuele Nicola

BANCO DE IMAGENS