menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Encontro aprova realização da Fenavinho para 2017
12/05/2015 14:42 atualizada em 12/05/2015 15:33

Cerca de 500 pessoas participaram na noite desta segunda-feira (11) de uma reunião, promovida pela prefeitura através da Secretaria Municipal de Cultura (SECULT) para debater a realização da Fenavinho - Festa Nacional do Vinho. O encontro aconteceu no Anfiteatro Ivo Da Rolt da Fundação Casa das Artes.  Além de representantes de diversos segmentos da sociedade, participaram também os ex-presidentes e as imperatrizes da festa. O público foi unânime em aprovar a volta da realização da Fenavinho, desta vez em 2017, quando será comemorado o cinqüentenário do principal evento que projetou o município nacional e internacionalmente, tornando Bento Gonçalves a Capital Brasileira do Vinho.


A 16º edição da Fenavinho deverá ocorrer no inicio do ano, em janeiro ou fevereiro, porém a data não foi debatida. A última edição da festa ocorreu em 2011. Três comissões organizadoras deverão ser criadas nos próximos meses e uma mudança nos estatutos da entidade também deverá ocorrer, para que o poder público municipal possa ser o responsável pela organização.


O encontro desta segunda-feira foi dividido em três partes. Na primeira parte, comemorou-se os 48 anos da Fenavinho com a apresentação do coral da Fundação Casa das Artes, que apresentou o hino a Bento Gonçalves, lançado pela primeira vez na Festa em 1967. Em seguida foi exibido um filme da 1º Fenavinho. O documentário registra também a chegada do presidente da república, General Humberto de Alencar Castelo Branco ao município. Na segunda parte da reunião, o Secretário Municipal de Cultura, Jovino Nolasco, apresentou o relatório intitulado o "Futuro da Fenavinho", que foi elaborado a partir de uma série de reuniões promovidas com representantes de várias entidades ligadas à uva e ao Vinho, instituições, vinícolas, agricultores, e representantes de comunidades do interior, além de dirigentes e ex-presidentes da Festa. E na parte final do encontro, o público presente pode se manifestar com opiniões e sugestões a cerca do futuro do evento.


De acordo com o relatório apresentado pelo secretário da Cultura, e ex-presidente em três edições da Fenavinho, Jovino Nolasco, a sugestão da maioria das pessoas aponta para a realização da próxima edição da Fenavinho em 2017, quando Bento irá comemorar 50 anos de realização da primeira Festa. 



Fenavinho em quatro módulos

Pela proposta à Fenavinho 50 anos teria quatro módulos. No primeiro módulo, diversas atrações seriam organizadas para os visitantes nos pavilhões do parque de evento, incluindo exposição e varejo das vinícolas, exposição de produtos da agroindústria familiar, exposição de uvas e vinhos, realização de shows artísticos e culturais, bailes e quermesses, além de um completo festival gastronômico.


No segundo módulo haveria no centro da cidade, naVia Del Vino, distribuição de vinho encanado, desfiles temáticos, shows e mostra da agroindústria familiar. Pela proposta, no terceiro módulo, a Fenavinho também iria mobilizar os moradores do interior do município onde seriam promovidos festivais nas colônias, eventos culturais, gastronômicos e esportivos, exposições da agroindústria familiar e a realização de um concurso para a escolha da Imperatriz e Damas de Honra. Um quarto módulo iria contemplar atividades de promoção do vinho nas vinícolas da cidade, onde os visitantes participariam de degustações, visitas técnicas, seminários, palestras, mini-cursos e fóruns, além de conhecerem os roteiros turísticos do município.


Durante a reunião diversas pessoas se manifestaram. Todos foram unânimes em aprovar a idéia da realização da Fenavinho 50 anos em 2017. Como também se mostraram solidários a organização do próximo evento, participando voluntariamente das comissões que poderão ser criadas.

 

Comissões

De agosto de 1965 a 2010 a Fenavinho era uma entidade, sem fins Lucrativos e seu conselho era composto pelos instituidorese membros natos, cuja a responsabilidade da entidade era do presidente da diretoria executiva e do presidente dos membros natos que sempre era o prefeito em exercício. Em 29 de abril de 2010, a Fenavinho passou por uma reformulação e teve seus estatutos alterados tornando-se uma OSCIP (organização da sociedade civil de interesse público). Esse tipo de sociedade excluiu a participação do poder público tornando-o apenas membro do conselho honorário. Para que a prefeitura possa novamente ser responsável pela organização do evento, será necessária uma mudança nos atuais estatutos. Também será necessário analisar, negociar e criar dispositivos e estratégias de pagamento de um passivo financeiro originado a partir da última edição e organizar a próxima festa. Para isso a sugestão, aprovada pela maioria e a constituição de três comissões que seriam responsáveis pelo processo.


Um cronograma de atividades, a serem promovidas pelo poder público municipal com vistas a integrar e preparar a comunidade para a 16º edição da Fenavinho deverão sem implementadas já a partir deste ano, com a realização de eventos específicos, entre eles a escolha das candidatas à Imperatris do Vinho. Em 2016  deverá acontecer a coroação da imperatriz, o lançamento da Fenavinho 50 anos, com vinho encanado na Via Del Vino e um grande desfile temático.


Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura
Fotos: Emanuele Nicola

BANCO DE IMAGENS