menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Transmissão vertical do vírus HIV zerada em Bento Gonçalves
02/03/2018 14:30 atualizada em 02/03/2018 16:55

A Secretaria Municipal da Saúde, por meio do Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), divulgaram um dado que chama a atenção para o cuidado e atendimento, que vem sendo realizado com gestantes, portadoras do vírus HIV e seus filhos. Nos últimos três anos, verificou-se que 100% das crianças, filhas de mães soro positivas estão livres do vírus. Isso significa que, estes bebês, expostos ao vírus HIV, nestes anos, encerraram a investigação, portanto, não se infectaram e são crianças negativas quanto a exame do vírus. Porém, o SAE/CTA segue acompanhando sete bebês, referentes ao ano de 2017.

 

"Essas crianças terão uma vida normal e saudável, sem necessitar de um controle extremamente rigoroso para o resto de suas vidas. Isso só foi possível, devido ao trabalho cuidadoso da atenção básica, que soube identificar essas mães e encaminhá-las ao serviço de referência: o SAE/CTA. Esse trabalho especializado e multiprofissional realizado por meio de consultas, exames e medicamentos evitou, com 100% de sucesso, a transmissão do vírus ao bebê. Nosso hospital de referência (Tacchini) também merece o reconhecimento pela atuação em conjunto nesses casos especiais. O trabalho é de várias mãos", afirma o secretário de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira.

 

Todas as gestantes são orientadas a fazer o pré-natal. Nas portadoras do vírus HIV, é imprescindível o acompanhamento dos profissionais da saúde durante as fases da gestação para evitar a transmissão vertical (tudo que passa da mãe para o feto). De acordo com a coordenadora do SAE/CTA, enfermeira Adriana Cirolini, "após o nascimento do bebê, a mãe que vive com HIV não poderá amamentar o filho, mas poderá dar todo o seu amor e aconchego ao bebê, que crescerá saudável física e afetivamente", salienta.

 

Na última quinta-feira, 01, o secretário de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira, esteve acompanhando o Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), juntamente com o vereador Paulo Roberto Cavalli. Na oportunidade foram recebidos pela coordenadora Adriana, que apresentou as informações dos serviços prestados.

 

O horário de atendimento do SAE/CTA é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

 

Assessoria de Comunicação Social

Foto: Marina Teles

BANCO DE IMAGENS